Com uma atuação consistente e estratégica na promoção turística do Destino Iguaçu, o Iguassu Convention & Visitors Bureau vem atraindo novos mantenedores. Entre os meses de janeiro e agosto deste ano, um total de 13 empresas se associaram à entidade. Com essas adesões, o Iguassu CVB conta atualmente com 117 associados que representam diversos segmentos do setor turístico do Destino Iguaçu.

Na lista dos novos associados estão a MP2 Assessoria a Eventos; KMZTA Uniformes; Naipi e Tarobá Presentes; Kiko Sierich Fotojornalismo; Casa do Chef; Iguassu Secret Falls; The Argentine Experiences; Atrative Eventos, Assessoria e Cerimonial; Restaurante Maringá; Hotel Mirante; Naipi Turismo e Eventos; Indian Lounge e a Cell Shop. Elas representam categorias como atrativo, fotografia, comércio, serviços especializados para eventos e gastronomia e buscaram o Iguassu CVB para fortalecer seus negócios e ampliar a área de atuação.

Expectativas - Quando surgiu a ideia de lançar o projeto “Histórias da Cozinha Brasileira”, que reúne experiências gastronômicas que fazem parte da nossa identidade cultural, o chef Fábio Del Antonio decidiu que a Casa do Chef tinha que fazer parte do Iguassu CVB. “Essa proposta é mais do que um jantar, é na verdade um passeio que desperta os sentidos e oferece num único lugar a oportunidade de se conhecer vários pratos da nossa culinária e para que esse seja um produto conhecido pelos turistas, o Iguassu Convention é referência e também uma vitrine”, disse Fábio.

O empresário André Ribas Vieira compartilha da mesma opinião. Ele é sócio da Naipi e Tarobá Presentes que possui uma linha de souvenirs e tem como carro-chefe a lenda dos índios Naipi e Tarobá. “Procurei entender qual o papel do Iguassu Convention e percebi na Instituição a oportunidade de ter acesso a diversos mercados e tornar meus produtos conhecidos”, contou André.

Recursos - Por não ter fins lucrativos, o Iguassu CVB é mantido pelo pagamento das mensalidades e no caso dos hotéis, é feito o recolhimento da tourism tax. Essa é uma contribuição dos hóspedes revertida para a entidade, prática conhecida e utilizada em cidades turísticas de todo o mundo. Os recursos são utilizados nos projetos e ações desenvolvidos pelo Convention & Visitors Bureau. A programação é intensa. Um dos principais eixos de atuação do Iguassu CVB é o aumento do fluxo de visitantes, mas também o aumento da permanência média destes visitantes em Foz do Iguaçu, para isso o Instituto atua na captação, apoio e incremento do número de eventos e promoção das atividades e infraestrutura de lazer.

O diretor-executivo, Basileu Tavares, destaca que toda a empresa que se relaciona direta ou indiretamente com turistas ou com eventos pode se beneficiar do Iguassu CVB, entretanto, é preciso conhecer as ferramentas e saber utilizá-las. “Tudo é muito focado. Nossa equipe está atenta e é dedicada exclusivamente a tudo que pode resultar em aumento da demanda turística e gerar oportunidades de negócios aos associados da Região Trinacional ou de outras partes do Brasil”, reforça.

Quem quiser se associar, pode entrar em contato pelo e-mail

relacionamento@iguassu.com.br

Assessoria de Imprensa Iguassu CVB - Jornalista Andréa David

Foto: Jordan Santos